Reestilização do March tailandês chega ao Micra europeu

Micra

Depois de ganhar uma boa atualização visual na Tailândia, agora é a vez da Europa receber o March de cara nova. Aliás, no velho-continente, o modelo recebe o nome de Micra, além de detalhes que o diferenciam do March. A renovação deve chegar ao Brasil no ano que vem, junto com a nova fábrica da Nissan no Brasil.

Por fora, há novidades em todos os ângulos. Na dianteira, há uma mistura de linhas presentes em modelos da Nissan e em um outro modelo específico de outra marca: o Picanto. A parte que lembra o hatch da Kia é o parachoque, com a grande entrada de ar e os nichos dos faróis de neblina.

Micra 2

Os faróis, que são novos, mais bonitos e com aparência mais sofisticada, têm as formas de bumerangue (embora mais leves) nas extremidades que invadem a lateral da carroceria, remetendo a modelos maiores, como o sedan Altima. Já a grade superior lembra a picape Frontier, com o logo da Nissan alocado entre uma espécie de “U”.

Na lateral, a única novidade fica por conta das rodas com acabamento diamantado e fundo preto brilhante, lembrando muito as usadas nos carros da Citroën. A traseira tem mudanças mais leves se comparada com a dianteira. O parachoque é novo, além das lanternas, com novo desenho interno que agora tem iluminação feita por LEDs.

Micra3

O interior também tem as formas revistas, elevando o requinte do pequeno Micra. O centro do painel, que abriga a central multimídia e o ar-condicionado digital, tem acabamento black-piano com uma borda em aço escovado. O aço se repete nos puxadores e nas maçanetas internas das portas, e no pomo do câmbio.

O hatch é bem equipado, contando com uma vasta lista de equipamentos. Na básica Visio, ABS, ESP, airbags, rodas de liga leve aro 15″, travamento das portas por comando remoto, vidros dianteiros elétricos, sistema de som com USB, entre outros são de série.

Micra4

A topo de linha Tekna (das fotos) acrescenta sistema multimídia com GPS NissanConnect com uma tela de 5,8″, retrovisores elétricos com rebatimento, ar-condicionado digital, rodas diamantadas de 16″, sensores de estacionamento e partida sem chave. A mecânica não mudou, permanecendo os motores 1.2 de três cilindros aspirado ou DIG-S turbo. A transmissão pode ser manual de cinco velocidades ou automática CVT.

Micra 4

|TEXTO| Guilherme Fontana
|FONTE| Divulgação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s